Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Wi-Fi grátis: saiba como usar a rede pública com segurança

Wi-Fi grátis: saiba como usar a rede pública com segurança.

Tecnologia indispensável dos tempos atuais, as redes sem fio se tornaram necessárias para internautas que utilizam a Internet no dia a dia em diversos locais como hotéis, shoppings, aeroportos e restaurantes que oferecem o Wi-Fi grátis. Porém, apesar de trazer mais comodidade, a rede de Internet pública também pode trazer riscos a sua privacidade e ao seu dispositivo informático.

Em um ponto de acesso público, qualquer pessoa pode acessar a Internet sem a necessidade de senhas ou mesmo formulários. Desta forma, seus dados podem ficar expostos e desprotegidos, fazendo com que você corra o risco de ser interceptado por alguém.

Portanto, a fim de auxiliar os usuários a não caírem em ciladas, o Advogado Especialista em Direito Digital Dr. Jonatas Lucena, listou algumas dicas que podem proteger sua privacidade em redes de Wi-Fi grátis e de quebra ainda economizar o seu 3G/4G.

  1. Verifique a segurança da conexão.

Para comprovar a segurança online de sua conexão, muitas empresas utilizam o protocolo HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure). Observando se a página possui o “https” no endereço e um pequeno símbolo de cadeado ao lado, é possível afirmar que a sua conexão é segura.

Ademais, o Especialista em Direito Digital e Crimes Cibernéticos, explica que é preciso verificar ainda se a página que está sendo acessada é verdadeira. Para chegar a tal conclusão, basta clica no cadeado e verificar se a rede pública não foi infectada.

  1. Instale um aplicativo de VPN.

A sigla que significa “Rede Virtual Privada”, nada mais é do que um app que protege de maneira eficaz o usuário em redes sem fio públicas. O dispositivo se conecta a um servidos e cria um rede que “mascara“ as credenciais do usuário. Além disso, com VPN é possível acessar sites restritos, uma vez que todas as informações serão criptografas.

  1. Limite o seu conteúdo de acesso na web.

Em redes públicas, nosso endereço de IP fica evidentemente mais vulnerável e desta forma, fica mais fácil que uma pessoa mal-intencionada intercepte as informações do seu software, de forma a ter acesso até mesmo a sua conta bancária, por exemplo.

Para fugir de criminosos virtuais, o Dr. Jonatas Lucena, Especialista em Crimes Cibernéticos, indica limitar-se ao uso de sites que não poderão te deixar expostos. Em mais, é importante nunca acessar informações confidenciais, como números bancários.