Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Uso constante de redes sociais aumenta depressão e solidão

Uso constante de redes sociais aumenta depressão e solidão

O uso das redes sociais por menos tempo leva a reduções significativas tanto de depressão. O sentimento de solidão ficará mais ausente, e eliminando aos poucos a ansiedade.

Dormir após o uso do celular faz extremamente mal, segundo os psicólogos. Mas por quê?

Segundo os psicólogos, a luz azul do celular pode gerar janelas que "matam" seu descanso realmente significativo. E sem o descanso exato, quem nós somos? Não é? Em nossas faculdades mentais, o ideal é o sono profundo por no mínimo 8 horas.


Não é novidade que depressão, ansiedade, raiva e sentimentos similares estão relacionados a doenças cardíacas. Uma alta dose de stress, por exemplo, pode fazer o coração bater mais rapidamente e aumentar a pressão arterial, acelerando, assim, a possibilidade de um infarto, ou seja, emoções positivas podem tornar alguém mais saudável.

É difícil pensar que o pensamento positivo não traz benefícios à vida. Parece claro que ter uma visão otimista sobre determinado assunto possa levar alguém a lutar por seus objetivos e, possivelmente, conquistá-los. Porém, de acordo com psicólogos, e na opinião de Advogados Especialistas em Direito Digital, como é o caso do Dr. Jonatas Lucena, o pessimismo também é importante para nossas vidas. E, como se não bastasse, otimismo demais pode ser prejudicial.

Uma visão mais negativa da vida tende a sofrer menos de depressão ao passar por eventos ruins, como a morte de um ente querido. De acordo com os pesquisadores, os pessimistas passam mais tempo se preparando mentalmente para decepções e outras possibilidades desagradáveis, tornando-se mais resistentes a situações desse tipo.

Saber como as redes sociais influenciam nossas vidas longe dos celulares é uma curiosidade debatida há anos, provavelmente desde antes do uso do Orkut. Existem vários "achismos", inclusive teorias que afirmam que observar todo mundo feliz 24h pode não ser tão benéfico, o fato de passar por problemas e achar que o restante do mundo está bem, infelizmente incomoda muitas pessoas.

As redes sociais criam uma falsa realidade, dando a impressão de que tudo é perfeito. Só que não é bem assim, a vida de ninguém é 'tão perfeita'. E as pessoas tendem a achar que o perfeccionismo é um padrão, algo a se seguir.

A depressão é uma doença comum em todo o mundo, com uma estimativa de 350 milhões de pessoas afetadas. A condição é diferente das alterações usuais de humor e das respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida cotidiana. Em alguns casos, especialmente quando de longa duração, a depressão pode se tornar uma séria condição de saúde.

Segundo Jonatas, os quadros depressivos podem se manifestar com sintomas de baixa autoestima, apatia, falta de energia e dores físicas sem causas definidas, gerando perigosos efeitos no psíquico.

Voltando...

Como o uso de smartphones e tablets à noite pode atrapalhar seu sono?

Muitos pais culpam o uso do Smartphone pelas noites mal dormidas dos filhos adolescentes, isso de fato, é verídico?

Existe um número máximo de amigos que uma pessoa consegue ter?

Já tinham sido publicados estudos que tentaram avaliar essa ligação, mas todos seguiam um escopo limitado e situações muito fora da realidade, como pedidos para os participantes abandonarem completamente o Facebook ou serem testados por apenas uma hora.

“Nós nos propusemos a fazer um estudo muito mais abrangente e rigoroso, que reproduzisse com maior similaridade a rotina das pessoas”, escreveram os cientistas do departamento de psicologia da Universidade da Pensilvânia, nos EUA.

A equipe analisou as experiências de 143 estudantes, de 18 a 22 anos, com as três plataformas mais populares entre os alunos da graduação (Facebook, Snapchat e Instagram), coletando dados de uso automaticamente rastreados pelos iPhones dos participantes. Também foram feitas pesquisas para determinar o humor e o bem-estar de cada um, além da análise de suas publicações.