Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Na era tecnológica, o amor virou cilada: Apps de relacionamento são alvo de criminosos e golpistas

Na era dos relacionamentos digitais, golpes através de apps e sites de encontro online tem crescido, segundo afirmam Especialistas em Direito e Tecnologia. O uso de serviços para encontros online tornou-se um grande fenômeno em todo o redor do globo terrestre.

Segundo levantamento de pesquisas, somente na região da América Latina, os apps e sites de relacionamento são usados por quase 46% da população, enquanto que nos Estados Unidos e na Europa o percentual de uso é de quase 29%.

Apps como o Tinder e Happn, são os mais populares e registram mais de 50 milhões de usuários cada um. Com dezenas de aplicativos de encontros disponíveis que prometem trazer grande alegria a vida de seus clientes, podemos ver também um lado sombrio do uso de apps e sites de relacionamento: “golpistas se aproveitam destes serviços para fins nefastos, inclusive podendo resultar não somente em problemas emocionais e psicológicos, mas em problemas financeiros para as vitimas do golpe” afirmou o Advogado Especialista em Crimes Virtuais, Dr. Jonatas Lucena.

São diversas as formas de aplicação de golpes utilizadas pelos criminosos, entretanto, o Especialista em Crimes Cibernéticos, alerta que na maioria dos casos os golpes cometidos por pessoas mal-intencionadas consistem em estudar o perfil de suas vitimas e coletar informações pessoais, como atividade de trabalho, nível de renda e estilo de vida.

Estas informações que ficam disponíveis na maioria dos perfis de apps de encontros online, sofrem devido a má administração da segurança na era digital, que para o Especialista em Direito Tecnológico, se constitui hoje como um dos maiores problemas que facilitam demasiadamente a vida criminosa de hackers.

Dentre as diversas situações mais comuns de golpe, Especialista em Crimes Cibernéticos, comentam que o contato com golpistas que manipulam emocionalmente suas vitimas de maneira que estas lhe enviem dinheiros, presentes e informações pessoais se constitui hoje como o caso mais comum.

Outro tipo de golpe bastante comum segundo o Advogado Dr. Jonatas Lucena, trata-se do chamado ‘sextorsão’ que geralmente começa através do site ou app de relacionamento, porém migra para apps de mensagem instantâneas como o WhatsApp: “O golpista busca sair da plataforma de encontro para apps como o WhatsApp onde o criminoso tenta convencer a vitima a lhe enviar fotos e vídeos íntimos para depois usá-los de forma a chantagear a pessoa” comentou o Advogado Especialista em Crimes de Internet.

A fim de lhe ajudar a não cair em armadilhas e usar o app de maneira saudável e segura, o Advogado Dr. Jonatas Lucena dá algumas dicas que devem ser consideradas antes de criar uma conta em um aplicativo ou site de relacionamentos e encontros online.

Em primeiro lugar é sempre importante estar atento e suspeitar de perfis que sempre encontram uma desculpa para não concretizarem um encontro real; de forma alguma compartilhe com a pessoa que você esta conhecendo informações que podem comprometê-lo, como fotos e vídeos. Por último, caso decida conhecer alguém pessoalmente, após trocar mensagens com a pessoa em questão, não deixe de marcar o encontro em um local público e seguro.

Dicas como estas, segundo o Especialista em Direito Tecnológico e Crimes Virtuais, podem assegurar o seu conforto e fazer com que o app lhe de o real objetivo saudável de se conectar emocionalmente a alguém sem que você tenha de ter a preocupação com possíveis golpes.