Lucena e Milani Sociedade de Advogados

Menu

Motoristas de Uber utilizam fraude conhecida como 'Treme Treme' para faturar mais com corridas.

Motoristas de Uber utilizam fraude conhecida como “Treme Treme” para faturar mais com corridas.

Sabemos que não é de hoje que os motoristas de Uber buscam formas de maximizar o ganho de suas corridas. Entretanto, das diversas técnicas utilizadas por eles, uma delas vem ultrapassando os limites da ética, segundo dizem Especialistas em Direito Digital sobre o mais novo método conhecido como “Treme Treme” que permite que os motoristas multipliquem o custo final de uma corrida.

Segundo informou o Advogado Dr. Jonatas Lucena, Especialista em Crimes Cibernéticos, a técnica funciona afetando diretamente o funcionamento do GPS do dispositivo, colocando o smartphone em modo de economia de energia. Fazendo isto, o modo de precisão de localização é automaticamente desativado, e no lugar o aparelho passa a registrar uma localização próxima.

A esta instabilidade na mediação do GPS denominou-se “Treme Treme”. A nova fraude, portanto, registrando uma localização próxima, afeta diretamente a forma como a Uber calcula o valor da corrida.

Sem ser capaz de perceber a diferença, uma vez que o trajeto até o destino final é percorrido normalmente, o usuário acaba por pagar mais por um caminho que poderia ser metade do valor. “As voltas extras são dadas apenas virtualmente, e o estrago só é percebido quando a corrida é encerrada e o valor final cobrado”, explicou o Dr. Jonatas Lucena, Especialista em Direito Digital.

Em pronunciamento da Uber foi informado que este tipo de utilização da plataforma é monitorado e combatido por equipes e tecnologias que têm como objetivo encontrar viagens suspeitas e demais violações dos termos de uso.