Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Inteligência Artificial ja é capaz de desenvolver vacinas por conta própria

Inteligência Artificial ja é capaz de desenvolver vacinas por conta própria.

Com bilhões de dólares gastos e incontáveis horas para pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos feitos por pesquisadores, por vezes, a incapacidade e falha não permitem que as ideias não saiam da fase de testes. Entretanto, nos últimos tempos, muito se espera da ajuda das Inteligências Artificias (IA) para descobrir novos remédios que se mostrem eficazes no combate a doenças.

Com os avanços da tecnologia em diversos âmbitos, de fato, a medicina e a farmacêutica são uma das áreas que mais se beneficiam, podendo apresentar resultados realmente promissores.

Entre mais recentes invenções tecnológicas no campo medicinal, a chamada Algoritmos Inteligente para a Descoberta Médica (SAM) foi capaz de desenvolver uma vacina contra a gripe que mostra extremamente eficaz. Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Flindes, Aústralia, o SAM consegue ativar o sistema imunológico humano através de compostos químicos.

Segundo o Especialista em Direito Digital Dr. Jonatas Lucena, esta inteligência tecnológica se mostra um grande avanço para as áreas medicinais trazendo diversos benefícios tanto para os profissionais quanto para os pacientes. Desenvolvido através de um programa de computador que gera inúmeras combinações de compostos químicos o SAM é capaz de decidir quais destes compostos podem ser mais eficientes para novos medicamentos.

Como exemplo de um dos mais recentes medicamentos, o Advogado Dr. Jonatas Lucena cita a vacina chamada de “Turbocharged” que é eficiente na luta contra a gripe, sendo até mesmo eficaz para animais.