Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Falso aplicativo do Telegram fez mais de 100 mil vítimas antes de ser tirado do ar

Falso aplicativo do Telegram fez mais de 100 mil vítimas antes de ser tirado do ar.

Mais novo golpe aplicado por cibercriminosos, o app malicioso MobonoGram 2019 foi recentemente descoberto por especialistas. O app que era vendido como uma versão não oficial do Telegram, alegava fornecer ainda mais recursos que as versões oficiais do aplicativo de mensagens instantâneas.

De fato, funcionalidades básicas de mensagem realmente eram fornecidas aos usuários. Entretanto, descobriu-se que o app também era capaz de executar de forma secreta serviços no dispositivo sem o consentimento dos usuários, além de também executar e navegar por sites maliciosos em segundo plano do smartphone.

Segundo o Especialista em Direito Digital Dr. Jonatas Lucena, o app que prometia mais funções do que o Telegram oficial, estava disponível para download até mesmo em países onde o aplicativo de mensagens instantâneas havia sido banido, como no Irã e na Rússia.

Segundo o Advogado Especialista em Crimes Virtuais, o app, embora fornecesse recursos básicos de mensagem, tinha seu perigo intrínseco a execução automática de URLs falsas, onde o usuário era direcionado para páginas que anunciavam loterias, sites de conteúdo adulto e ofertas de jogo, por exemplo. Ainda em pior cenário, tais scripts eram impossíveis de serem desligados e bastava que o usuário ligasse o smartphone para os conteúdos maliciosos funcionarem.

Além do carregamento contínuo de páginas falsas, o Advogado Dr. Jonatas Lucena afirma que o app era capaz de exaurir a bateria do celular, além de expô-los a quedas e desligamentos súbitos.