Lucena e Milani Sociedade de Advogados

Menu

Especialista em Direito Tecnológico comenta o uso de celulares em salas de aula

Especialista em Direito Tecnológico comenta o uso de celulares em salas de aula

Debate frequente entre pais e professores, a questão do uso de celulares dentro da sala de aula vem causando discordias entre dois lados que tem argumentos convincentes e fundamentados.

Por um lado, o uso de celulares com televisores, câmeras e mp3 vem potencializando uma maior distração por partes dos adolescentes, prejudicando desta maneira o aprendizado e socialização. Se formos ainda mais a fundo, o uso de celulares gera também atos de bullyng virtual muito usuais em principal nas redes sociais, afinal com certeza todos nos ja vimos videos em que professores e alunos são gravados em momentos constrangedores.

Por outro lado, tem os que defendem que proibir celulares em sala de aula vai contra o direito de ir e vir com seus bens e que o ato de proibição seria algo inconstitucional, uma vez que fere a dignidade da pessoa e o direito à segurança uma vez que o equipamento pode ser utilizado para afastar riscos ou danos.

A medida que pretende proibir o uso de celulares divide opiniões que são muito bem colocados. Entretanto, para o Especialista em Direito e Tecnologia, Dr. Jonatas Lucena a proibição de celulares em ambiente escolar fere o direito de liberdade do cidadão e portanto, não seria uma medida legal a se tomar.

Para o Especialista em Crimes Cibernéticos, é preciso que as instituições de ensino adequem-se a nova realidade tecnológica a qual estamos presenciando, de forma a acolher a tecnologia em suas disciplinas, afinal estamos lidando com uma geração aficionada por smarthphones e outros dispositivos móveis.

Portanto, a solução proposta pelo Dr. Jonatas Lucena não se trata da total proibição do uso dos celulares, mas sim do uso em momentos propícios como uma ferramenta educativa, desta forma o uso do aparelho seria liberado para o momento de pesquisas dentro de sala de aula, por exemplo.