Lucena e Milani Sociedade de Advogados

Menu

Como rastrear um celular roubado?

Como rastrear um celular roubado?

Não vivemos sem os nossos celulares. Esses pequenos aparelhos se tornaram o centro de nossas vidas. Com eles, somos capazes de realizar diversas tarefas, tais como: acessar redes sociais, assistir a filmes e séries, enviar mensagens para familiares, amigos e colegas de trabalho, entre outras funções. Utilizados tanto para questões de lazer quanto para situações profissionais, esses equipamentos se tornaram altamente populares na nossa sociedade e é por isso que, hoje, eles são os principais alvos de roubos e furtos.

Quando somos vítimas de um acontecimento como um assalto, ficamos desolados e, muitas vezes, sem saber o que fazer. Várias pessoas nem mesmo registram um boletim de ocorrência e simplesmente adquirem um aparelho novo. Todavia, existe um recurso de localização de smartphones que pode ser muito útil nesse momento e pode ser facilmente acessado. Entenda!

Um recurso desconhecido, porém eficiente

É extremamente comum e normal não sabermos utilizar todas as funções de nossos aparelhos celulares, afinal, elas são inúmeras. Porém, existem alguns recursos que são muito úteis e devemos ficar atentos às suas características. O rastreamento de smartphones pode ser feito de maneira muito rápida e simples, mas depende de dois fatores: a opção de localizar o dispositivo deve estar ativada, e o GPS deve ficar ligado constantemente!

Ao contrário da crença popular, não é preciso descobrir o IMEI do telefone para que a busca possa ser feita. A única informação que você deve ter em mente é o login e a senha da sua conta Google (a mesma que você utilizou no seu celular Android) ou a sua Apple ID (aquela que está conectada ao seu iPhone). Essa ferramenta também permite que você apague todos os dados do aparelho.

Tenha cuidado!

Lembre-se que esse serviço só será bem sucedido caso ninguém tenha desativado a internet ou o GPS do celular. Caso você consiga, de fato, localizar o aparelho, leve essa informação à polícia. Seja cuidadoso e não vá atrás do equipamento sozinho! Se você não conseguir recuperar o celular, você também pode bloqueá-lo e torná-lo inutilizável por meio do número IMEI.