O que fazer em situações de exposição sem autorização

Alguns haters se escondem atrás de páginas fakes para difamar ou divulgar fotos pessoais e íntimas de pessoas inocentes. Isso vem ocorrendo com frequência. Uma pesquisa mais recente afirma que crimes virtuais afetam mais de 42 milhões de brasileiros. Um exemplo é a exposição sem autorização.

Quem mais sofre com esse tipo de invasão, são as mulheres. Em 2013 foi sancionada uma lei chamada Carolina Dieckmann, que se torna crime à invasão de aparelhos eletrônicos para obtenção de dados particulares. Em 2012, a atriz Carolina Dieckmann sofreu um crime cibernético aqui no Brasil, teve seu e-mail hackeado, foram divulgadas mais de 30 fotos íntimas da atriz na internet. Tudo isso foi parar no Congresso Nacional.

Por conta disso, foi aprovada a lei com seu nome, que tipifica delitos cometidos em meios digitais e na internet.

Se você for vítima, não pense que não tem seus direitos, pois quando é invadida sua privacidade é onde você precisa tomar a primeira atitude, contratar um advogado especialista em crimes virtuais e saber quais são seus direitos.

Nosso escritório tem especialistas em crimes cibernéticos. Entre em contato conosco se você já foi vítima e saiba dos seus direitos.

Telefone: (11) 2365-9212

E-mail: drjonatas@lumiadvogados.com

DEIXE UMA RESPOSTA