Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Blockchain expande fronteiras e se torna tendência tecnológica no ramo jurídico

Blockchain expande fronteiras e se torna tendência tecnológica no ramo jurídico.

Na era digital onde passamos por diversas transformações, o universo tornou-se virtual em diversos âmbitos e cenários. Pilar de sustentação do ramo financeiro, a segurança é uma das características mais importantes para investidores.

De tecnologia como senhas e biometria, a blockchain é a tecnologia mais bem elaborada e confiável, permitindo uma Internet anônima, descentralizada e com garantia de proteção à privacidade. Em livre tradução, blockchain é uma corrente de blocos, ou seja, um sistema composto por duas partes (P2P) e um banco de dados descentralizado.

Em explicação, a rede P2P permite que os usuários compartilhem tarefas, trabalhos e arquivos sem a necessidade de um servidor central, o que diminui os custos de maneira significativa. Ademais, cabe ressaltar que cada dispositivo quando se conecta na rede é recebido por todos, entretanto, todas as informações são criptografadas de modo que não é possível rastrear quem a adicionou.

Entretanto, o que a princípio parece ser uma tecnologia exclusiva do sistema financeiro, expandiu sua usabilidade adentram os campos do ramo jurídico. Atuante em diversas frentes, esta tecnologia pode ser explorada de forma a otimizar o tempo de profissionais e evitar perda de tempo com questões burocráticas, além de tornar-se fundamental para garantia de segurança jurídica em diversas transações.

Especialista em Direito Digital e Crimes de Internet, o Advogado Dr. Jonatas Lucena afirma que “o uso da tecnologia Blockchain em diversos segmentos de negócios apontam um enorme potencial dentro da área jurídica. Alguns modelos de trabalho construídos sobre esta tecnologia já estão mudando a atuação de advogados, como é o caso de plataforma de certificação de documentos e contratos, por exemplo”.

Presente na autenticação de documentos, contratos e cadastro de pessoas, por exemplo, a tecnologia Blockchain agrega diversas vantagens que tem utilização ampla no campo do Direito.

Trazendo mais segurança nas transações jurídicas e consequentemente, menor riscos para clientes, esta tecnologia ainda facilita o compartilhamento de documentos de maneira rápida e criptografada permitindo a otimização do tempo de profissionais, que podem dedicar-se mais tempo a negócios e processos.

Ademais, o Especialista em Direito e Tecnologia Dr. Jonatas Lucena menciona que a blockchain tem “um potencial de redução de custos em processos internos e externos, devido a sua eficiência tecnológica”.

Agregada à Inteligência Artificial (IA) o Advogado Especialista em Crimes Tecnológicos acredita que a blockchain pode revolucionar rotinas de departamentos e escritórios de advocacia.