Telefone MapaComo Chegar Menu

Lucena e Milani Sociedade de Advogados

Lucena e Milani

Sociedade de Advogados

Escritório Especializado em Direito Digital e Empresarial

Advogado Especializado Redes P2P

O escritório Lucena & Milani Sociedade de Advogados atua com vários "Advogado Especializado Redes P2P" que utilizam para compartilhamento os programas Kazaa, Emule, Limewire, links ed2k, dentre outros, nestes referidos compartilhamentos de arquivos de vídeos, imagens ou qualquer outro tipo de arquivo podem ocorrer eventuais crimes involuntários e na maioria das vezes imperceptíveis aos usuários dos referidos programas.

Com muita frequência vemos nos noticiários a prisão de várias pessoas acusadas do cometimento de crimes de “Pedofilia”:

(Art. 241-A Oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente) dentre outros artigos do ECA – Lei n.º 8.069/90.

Ou seja, nessas prisões infelizmente é possível ocorrer vários equívocos, explica o Advogado Especializado Redes P2P, Kazaa, Emule, Limewire, pois o compartilhamento de imagens ou vídeos contendo cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes podem ocorrer sem que o usuário do computador perceba.

Ressalta o Advogado Especializado Redes P2P, Kazaa, Emule, Limewire que quando se busca vídeos, fotos ou qualquer outro arquivo em programas de compartilhamento P2P, utiliza-se no campo da busca uma palavra chave de interesse do próprio usuário, por vezes vídeos de artistas, shows, fotos de famosos, dentre outros e os programas Kazaa, Emule, Limewire ou qualquer outro que utiliza a rede P2P retorna o resultado com base na palavra chave pesquisada pelos usuários.

Ocorre que o resultado obtido ao buscar vídeos, imagens, fotos ou quaisquer outros arquivos utilizando programas de compartilhamento “P2P”, não permitem a execução dos arquivos antes de baixá-lo/download, ou seja, os usuários que estão baixando estes ou aqueles arquivos, automaticamente já estão compartilhando os dados com outros diversos usuários da mesma rede, que também efetuaram as buscas com palavras-chaves semelhantes, portanto a contratação de um ótimo profissional Advogado Especializado Redes P2P é essencial para obter êxito no questão.

Desta forma, caso referidos arquivos contenham cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo crianças ou adolescentes, ocorrem diversos crimes tipificados no Estatuto da Criança e Adolescente, inclusive acarretando prisão em flagrante aos usuários, razão pela qual tem sido amplamente divulgado o cumprimento de inúmeros mandados de prisão para supostos “pedófilos”, para casos dets natureza é essencial que haja a contratação de Advogado Especializado Redes P2P, que utilizam programas Kazaa, Emule, Limewire, dentre outros.

É importante frisar, alerta o Advogado Especializado Redes P2P, que aqueles usuários que utilizam programas Kazaa, Emule, Limewire, pode estar sendo vítima de alguém que propositadamente tenha renomeado referidos vídeos, imagens ou fotos que continham conteúdos ilícitos envolvendo crianças ou adolescentes em cena de sexo ou pornográfica.

Assim, ao serem deflagradas Operações Policiais em busca de verdadeiros criminosos apelidados de “pedófilos”, podem ocorrer a prisão de diversas pessoas inocentes que de forma desavisada e muitas vezes por ausência de conhecimento em informática, utilizam esses programas “P2P”, culminando com a prisão de inocentes.

Para tanto, se faz necessário comprovar a inocência destes usuários que não praticaram qualquer ato criminoso através da contratação urgente de Advogado Especializado em Redes P2P, que utilizam programas Kazaa, Emule, Limewire, links ed2k, dentre outros.

Esclarece ainda o Advogado Especializado Redes P2P, aos que utilizam programas Kazaa, Emule, Limewire, links ed2k, dentre outros, que referida informação apenas beneficia aqueles usuários desavisados e inocentes na utilização destes programas, pois em eventuais buscas realizadas pela polícia nenhum outro material envolvendo pedofilia será encontrado, uma vez que não houve de fato a prática criminosa, diferente, portanto para aqueles que a praticam de forma consciente, estes sim devem ser punidos com o rigor da Lei.

Compartilhe nas Redes Sociais:

Facebook Twitter Google

OAB/SP 14.339