Jonatas Lucena Sociedade Individual de Advocacia

Menu

Advogado Especialista em Direito Tecnológico, dá dicas de como evitar fraudes e-commerce

Advogado Especialista em Direito Tecnológico, dá dicas de como evitar fraudes e-commerce.

Para aqueles que estão iniciando seu projeto de ter uma loja virtual ou mesmo para aqueles que já trabalham há anos no mercado varejista online, o Advogado Dr. Jonatas Lucena adverte que o primeiro ponto chave para um empreendimento de sucesso é buscar evitar fraudes no seu e-commerce.

“Sofrer fraudes dentro do seu empreendimento online pode significar na pior das hipóteses a falência da loja. Em uma hipótese mais branda, fraudes no sistema varejista é prejuízo certeiro para o empreendedor” comenta o Advogado Especialista em Crimes Cibernéticos, Dr. Jonatas Lucena.

Fraude no e-commerce basicamente pode ocorrer de três diferentes formas segundo nos contou o Dr. Jonatas Lucena. A primeira maneira e mais utilizadas por mal-intencionados, é o roubo de dados de clientes para fins ilegais diversos.

Outra maneira de fraude também muito usual dos criminosos, é utilizar dados ilegais de terceiros para comprar produtos em lojas e plataformas online. Além disso, existe ainda um caso conhecido como ‘Chargeback’ onde o criminoso realiza a compra em um e-commerce e após a entrega do produto, o titular do cartão solicita o cancelamento de compra.

“É importante ter em mente estes três tipos de fraude mais comuns para evitar cair nestas armadilhas” adverte o Advogado Dr. Jonatas Lucena, Especialista em Crimes de Web.

Além de ter conhecimento sobre os tipos de fraudes mais usuais de criminosos e mal-intencionados, o Advogado Dr. Jonatas Lucena, comenta que também é importante ter um certificado de segurança, afim de assegurar que os dados de seus clientes não sejam roubados, garantindo assim maior confiança por parte dos compradores e um consequente afugentamento de possíveis fraudadores.

Um dos primeiros indicadores de uma tentativa de compra fraudulenta é segundo o Advogado Dr. Jonatas Lucena, aquelas compras gigantescas e que fogem do padrão habitual de seus compradores.

Utilizar intermediadores de pagamento afim de não correr risco de chargeback e ter maior praticidade, é uma das dicas que podem assegurar a confiança de seu negócio online. “Utilizar um intermediário de pagamentos no e-commerce, significa que aquela pessoa ficará responsável por receber pagamentos e a analisar possíveis riscos de fraude” comenta o Dr. Jonatas Lucena que há muitos anos já trabalha contra os Crimes Virtuais.